Rádio Web Mais Futebol Goiano

Pesquisar este blog

segunda-feira, 15 de junho de 2020

Médico do Vila Nova detalha protocolo de volta aos treinos

O Vila Nova divulgou nesta sexta-feira, 12, o protocolo de segurança para a volta dos treinos do elenco colorado. O documento foi elaborado pelos médicos do Departamento Médico do clube e pelos membros da comissão técnica.
O guia norteará as ações de jogadores, departamento médico e comissão técnica acerca dos cuidados sanitários e de saúde a serem adotados para evitar a contaminação de Covid-19 durante os treinamentos da equipe.

O documento foi publicado após a divulgação da data de retorno das atividades do Tigrão: dia 16/06. Os atletas e comissão técnica se reapresentarão para dar início aos testes sorológicos de identificação da Covid-19. Após a testagem clínica, os jogadores passarão por avaliação física para apurar a condição de cada um e planejar os trabalhos de condicionamento do plantel.
No protocolo de segurança, o clube orienta acerca da locomoção dos atletas até os treinos, das rotinas de higiene e alimentação, da utilização das dependências do Centro de Treinamento, da disposição dos campos e divisão dos grupos de atletas, das testagens a serem feitas pelos jogadores, familiares, comissão técnica e staff do clube. O Dr. Thiago Caixeta, médico do Vila Nova, detalhou algumas partes do protocolo.
“Atletas, comissão técnica e demais envolvidos nos treinamentos serão testados previamente ao retorno e, claro, todos que tiverem sintomas serão investigados para verificar a presença da doença. O teste que faremos será o sorológico, para saber se atletas e staff já tiveram ou não contato com a Covid-19. E, quando apresentar sintomas, faremos o PCR (outro exame), para indicar a presença do vírus. Na menor suspeita de infecção, a pessoa será avaliada pela comissão técnica e departamento médico e será afastada em caso positivo para a doença”, explicou o médico.
Além disso, para evitar aglomerações, o elenco será divido em grupos de 6 a 8 atletas, dependendo do resultado do teste de sorologia. Os que tiverem anticorpos contra a doença formarão uma parte do grupo e os que não possuírem formarão a outra parte. Dentro de cada uma é que os jogadores serão divididos em grupos pequenos. Os turnos de trabalho também foram diluídos, no turno matutino e no turno vespertino.
“Retomaremos as atividades em dois turnos, com grupos de 6 a 8 atletas com, no mínimo 15 metros de distância entre eles, quando em deslocamento, evitando o cruzamento no campo tanto de um grupo para outro, quanto dentro do próprio grupo. Testaremos todos os jogadores e separaremos estes grupos entre os que já tiveram contato com a Covid-19 e estão teoricamente imunes e os que não tiveram contato com a doença”, reiterou Thiago Caixeta.

 Assessoria de Imprensa VNFC


Nenhum comentário:

Curta nossa Fan Page

Arquivo do blog

Sou um Apaixonado por Futebol