2020-03-22 ~ Mais Futebol GoianoMais Futebol Goiano

NOBREAKCIA

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA!

R26 PNEUS

A CASA DO PNEU EM GOIÂNIA!

RESENHA STREET WEAR

A LOJA QUE VESTE OS ATLETAS!!

YS DESIGNER ESPORTIVO

TE APRESENTANDO AO SUCESSO!

INSTITUTO MIX

O SEU MUNDO DE POSSIBILIDADES!!

ARENA DROCK

ESTAMOS AQUI PARA MELHOR LHE SERVIR

AB SPORTS

VESTINDO O SEU TIME

CLINÍCA DAS MOTOS

ESPECIALIZADA EM INJEÇÃO ELETRÔNICA!

Rádio Web Mais Futebol Goiano

Pesquisar este blog

quinta-feira, 26 de março de 2020

Clubes definem férias coletivas de 20 dias, mas questão salarial será resolvida individualmente

O futuro do futebol brasileiro segue indefinido. Nesta quinta-feira (26), clubes se reuniram por meio de videoconferência para debater e avaliar a contraproposta feita Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol, que acabou sendo rejeitada pelas equipes.

Dispensa de 8 jogadores, prova como a Diretoria do Vila Nova contratou mal para 2020

Com o discurso que o clube não teria dinheiro  para o ano de 2020, diretoria do Vila Nova acabou  contratando quantidade  e deixando de lado a qualidade.

Jogadores rejeitam proposta com cortes de salários e pedem garantias à CBF

Não é somente o calendário nacional de futebol que segue incerto no Brasil. Após a Comissão Nacional dos Clubes (CNC) apresentar uma proposta de redução de 25% dos salários dos jogadores durante o período de paralisação e fixar férias de 20 dias, a Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (FENAPF) rejeitou formalmente a oferta nesta quarta-feira (25), e encaminhou uma contraproposta ao presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, representante da CNC.

quarta-feira, 25 de março de 2020

A CBF tem que se mexer também”, diz presidente do Sindicato dos Atletas Profissionais do Rio Grande do Sul sobre negociação entre jogadores e clubes durante pandemia do coronavírus

A suspensão das competições no Brasil a fim de evitar a disseminação do novo coronavírus coloca em risco a saúde financeira de vários clubes de futebol.

Campeonato Goiano deve retornar somente em Dezembro

O Campeonato Goiano de 2020, que esta  suspenso devido a pandemia do Coronavirus, deverá retornar somente no mês de Dezembro, para se concluído.

CBF discute o calendário de 2020; prioridade será concluir os estaduais e a Copa do Brasil

Com todas as competições suspensas, clubes e CBF debatem os rumos do calendário do futebol brasileiro, sem data para retomar atividades.

Jogadores acusam Anapolina de abandono

Jogadores que estavam na Anapolina neste Campeonato Goiano de 2020, estão reclamando que o clube abandonou eles sem  efetuar o pagamento.

Ex-Vasco, Jomar agradece oportunidade no Iporá e valoriza primeira experiência no futebol goiano: “Positiva”

Chegou ao fim a passagem de Jomar pelo Iporá. Na última semana, o zagueiro acertou a rescisão do seu contrato com a equipe goiana. Com o campeonato estadual paralisado devido à pandemia do coronavírus, o Lobo Guará optou por liberar todo o seu elenco.

terça-feira, 24 de março de 2020

Zagueiro do sub-20 do Corinthians, ex-Vila Nova leva tiro no olho, sobrevive e dá testemunho em Igreja após um mês

 Artur Cassiano, do sub-20 do Corinthians, ex-Vila Nova,  estava viajando com a família, para Goiânia, na pausa do Carnaval. Em Pirajuba, Minas Gerais, dois motoqueiros efetuaram disparos em direção ao carro que estavam. Os criminosos estavam fugindo da polícia. O zagueiro, que tem 18 anos, foi atingido no olho.

Clubes belgas aplicam desemprego temporário devido à pandemia de coronavírus; proposta pode se estender pelo resto da Europa

 O presidente da Real Associação Belga de Futebol, Mehdi Bayat, anunciou nesta terça-feira as primeiras medidas para evitar um colapso financeiro no futebol belga.

Olimpíada de Tóquio será adiada para 2021 devido a pandemia de coronavírus

Os Jogos Olímpicos de Tóquio serão adiados para 2021. 

Presidente de sindicato paulista critica proposta de clubes: “Comissão só pensa nos times”

 Na última semana, o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, representante da Comissão Nacional de Clubes, apresentou uma proposta a Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf), com o intuito de minimizar os impactos da paralisação do futebol em virtude da pandemia do coronavírus.

Proposta de clubes pede férias coletivas e redução salarial de 25% durante quarentena

A Comissão Nacional dos Clubes enviou uma nova proposta à Federação dos Atletas Profissionais nessa segunda-feira (23).

segunda-feira, 23 de março de 2020

Menos jogos, mais intensidade: presidente da Fifa prevê mudanças no futebol mundial após a pandemia

Em qualquer lugar do planeta, uma só luta: diminuir ou exterminar de vez os efeitos do coronavírus, pandemia que assola quase 200 países até o momento.

JUGs são adiados. Evento em Goiatuba não tem previsão de nova data

Seguindo os protocolos sugeridos pelas organizações de saúde e do Governo estadual devido à crescente preocupação com o contágio do Covid-19, a 56ª edição dos Jogos Universitários de Goiás (JUGs) foi adiada.

COI pede prazo de quatro semanas e pode adiar Olimpíadas de Tóquio

O COI, Comitê Olímpico Internacional, ainda não decidiu sobre o adiamento das Olimpíadas de Tóquio-2020.

Em uma reunião convocada às pressas neste domingo (22), a entidade pediu um prazo de quatro semanas para uma decisão final e afirmou não cogitar o cancelamento dos Jogos.

“O COI está confiante que finalizará as discussões dentro das próximas quatro semanas e agradece a solidariedade e parceria dos comitês olímpicos nacionais e federações internacionais em apoiar os atletas e os planos de adaptação dos Jogos”, disse em nota.

Você conhece o canal do Mais Futebol Goiano  no YouTube? Clique e se inscreva!


Com as principais competições adiadas e com a pandemia de Covid-19 sem um viés de melhora, a pressão sobre o COI aumenta a cada dia. O COB, Comitê Olímpico Brasileiro, por exemplo, já se manifestou oficialmente pedindo o adiamento para 2021. A entidade internacional e os organizadores estudam um cenário para o próximo ano.


VEJA NA ÍNTEGRA A NOTA DO COI:

“Para resguardar a saúde de todos os envolvidos e contribuir para a contenção do Covid-19, o Conselho Executivo (CE) do Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou hoje que intensificará o seu planejamento de cenário para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Esses cenários estão relacionados à modificação dos planos operacionais existentes para os Jogos em 24 de julho de 2020 e também para alterações na data de início dos Jogos. Esta etapa permitirá uma melhor visibilidade do rápido desenvolvimento da situação da saúde em todo o mundo e no Japão. Servirá de base para a melhor decisão no interesse dos atletas e de todos os demais envolvidos. 

Por um lado, há melhorias significativas no Japão, onde as pessoas estão recebendo calorosamente a chama olímpica. Isso poderia fortalecer a confiança do COI nos anfitriões japoneses de que poderiam, com certas restrições de segurança, organizar os Jogos Olímpicos no país, respeitando o princípio de resguardar a saúde de todos os envolvidos. 

Por outro lado, há um aumento dramático de casos e novos surtos de COVID-19 em diferentes países em diferentes continentes. Isso levou o CE à conclusão de que o COI precisa dar o próximo passo em seu planejamento de cenários. 

Vários locais críticos necessários para os Jogos podem não estar mais disponíveis. As situações com milhões de noites reservadas em hotéis são extremamente difíceis de lidar, e o calendário esportivo internacional para pelo menos 33 esportes olímpicos teria que ser adaptado. Estes são apenas alguns dos muitos, muitos desafios.

Portanto, além do estudo de diferentes cenários, seria necessário o total comprometimento e cooperação do Comitê Organizador de Tóquio 2020 e das autoridades japonesas, e de todas as Federações Internacionais (FIs) e Comitês Olímpicos Nacionais (NOCs). Também exigiria o comprometimento e a colaboração dos radiodifusores detentores de direitos (RHBs) e de nossos principais patrocinadores, como parte de seu apoio contínuo e valorizado ao Movimento Olímpico, bem como a cooperação de todos os parceiros, fornecedores dos Jogos. e contratados. É nesse espírito de compromisso compartilhado das partes interessadas olímpicas com os Jogos Olímpicos, e à luz da situação mundial em deterioração, que o EB do COI iniciou hoje o próximo passo no planejamento de cenários do COI. 

O COI, em total coordenação e parceria com o Comitê Organizador de Tóquio 2020, as autoridades japonesas e o Governo Metropolitano de Tóquio, iniciará discussões detalhadas para concluir sua avaliação do rápido desenvolvimento da situação mundial da saúde e seu impacto nos Jogos Olímpicos, incluindo o cenário de adiamento. O COI está confiante de que finalizará essas discussões nas próximas quatro semanas e aprecia muito a solidariedade e a parceria dos CONs e FIs no apoio aos atletas e na adaptação do planejamento dos Jogos.

O CE do COI enfatizou que o cancelamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 não resolveria nenhum dos problemas nem ajudaria ninguém. Portanto, o cancelamento não está na agenda.

Após a reunião do CE, o presidente do COI, Thomas Bach, escreveu hoje à comunidade global de atletas para fornecer uma explicação da abordagem do COI. 

Na carta, Bach afirmou mais uma vez que resguardar a saúde de todos os envolvidos e contribuir para conter o vírus é o princípio fundamental, e disse: “As vidas humanas têm precedência sobre tudo, incluindo a realização dos Jogos. O COI quer fazer parte da solução . Portanto, tornamos nosso princípio principal proteger a saúde de todos os envolvidos e contribuir para conter o vírus. Desejo, e todos estamos trabalhando para isso, que a esperança que tantos atletas, NOCs e FIs dos cinco continentes tenham expressado seja cumprida: que no final desse túnel escuro todos estamos passando juntos, sem saber por quanto tempo é, a chama olímpica será uma luz no fim deste túnel.”

Torcedores.com


Curta nossa Fan Page

Arquivo do blog

Sou um Apaixonado por Futebol