Rádio Web Apito Esportivo

Pesquisar este blog

sábado, 21 de setembro de 2019

ATLÉTICO-GO VENCE CRICIÚMA E CHEGA A OITAVO JOGO INVICTO NA SÉRIE B

Dragão foi até o estádio Heriberto Hulse e contou com gol de Jorginho, logo aos oito minutos, para conquistar os três pontos.

O Criciúma recebeu o Atlético-GO, no estádio Heriberto Hulse, na noite desta sexta-feira (20), buscando sair da zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. Apesar de atuar fora de casa, o Dragão, no entanto, conseguiu marcar logo nos minutos iniciais de jogo com Jorginho e venceu pelo placar de 1 a 0, chegando ao seu oitavo jogo consecutivo sem perder.

Com o resultado, o Rubro-Negro chegou aos 41 pontos, na segunda posição, e encostou no líder Bragantino, que tem 42 e ainda entra em campo nesta 23ª rodada. Já o Tigre permaneceu com 23 pontos e ocupa a 18ª colocação na Série B.


O jogo

O primeiro tempo entre Criciúma e Atlético-GO teve bastante movimentação logo nos primeiros minutos, mas as equipes caíram de rendimento depois da primeira metade. Mesmo jogando fora de casa, foi o Dragão quem criou a primeira grande oportunidade de gol, aos sete minutos. Mike recebeu bom passe e saiu de cara para o gol, mas o atacante rubro-negro bateu em cima do goleiro Bruno Grassi.

Dois minutos depois, no entanto, o vice-líder da Série B do Brasileirão manteve a pressão e, finalmente, conseguiu balançar as redes. Após falta cobrada na área e bate-rebate na defesa do Tigre, a bola sobrou para Jorginho, que precisou de duas tentativas para colocar a bola no barbante: 1 a 0 para o Atlético-GO.

Aos 13, o clube catarinense tentou dar uma resposta, mas parou no goleiro Maurício Kozlinski. Após bola alçada, Caíque ganhou no alto e cabeceou para o gol, mas o arqueiro rubro-negro conseguiu fazer a defesa com segurança.

O último grande lance antes do intervalo aconteceu aos 44, quando o atacante Pedro Raul subiu mais alto do que a defesa do Criciúma, desviou de cabeça e viu a bola passar rente à trave.

A etapa final começou morna, mas esquentou aos 13 minutos, quando Pedro Raul aproveitou batida de escanteio e cabeceou a bola raspando a trave de Bruno Grassi. Quatro minutos mais tarde, Marlon, do Criciúma, cobrou falta com força, por baixo da barreira, para boa defesa de Kozlinski.

Aos 22, o Tigre chegou novamente. E de novo em cobrança de falta. Daniel Costa cobrou direto uma falta do bico da grande área e assustou e arrancou o ‘uh’ da torcida presente do estádio Heriberto Hulse.

O Criciúma voltou a pressionar aos 36 minutos, quando Daniel Costa cruzou, e o atacante Vinícius finalizou. No entanto, Kozlinski fez uma ótima defesa e manteve a vitória parcial para o Atlético-GO.

Quando os donos da casa buscavam o empate a todo custo, o Dragão encaixou um ótimo contra-ataque. Jairinho recebeu na ponta esquerda, se livrou do marcador e achou Pedro Raul dentro da área. O atacante bateu com força e obrigou Bruno Grassi a se esticar todo para mandar para escanteio. Sem mais grandes chances, o árbitro apitou pela última vez e decretou a vitória do Atlético-GO por 1 a 0.

CBF.COM.BR

Nenhum comentário:

Curta nossa Fan Page